Arquivo para julho, 2009

Um pouco nostálgico

Posted in Dia-a-dia on 31/07/2009 by Maicon

Hoje eu estava ‘a conversar’ (influência lusitana) com uma amiga. Seu nome é Florence, e ela acabou de se tornar Instrutora do Método DeRose, aqui em Paris, pela Federação Francesa de SwáSthya. Florence mora em Paris há 8 anos, mas sua cidade natal é Bordeaux. Então estávamos conversando sobre essa questão de morar numa cidade longe da terra natal. A dela nem é tão longe, mas pelo que ela me conta, é diferente de Paris. Bom, a minha terra natal é muito diferente daqui. Há muitas coisas boas aqui que não existem, ou não funcionam, no Brasil. No entanto, neste momento de nostalgia em que essa conversa me deixou, quero falar sobre o que sinto falta, do Brasil. Sobre as coisas boas que existem lá e não aqui.

Sinto falta da minha família de Campo Bom, sinto falta da minha família de Porto Alegre. Tenho saudade da gostosa rotina de acordar no apartamento onde morava (e onde fui muuuito feliz!), caminhar pelas gostosas ruas do Bonfim até a Rio Branco, e lá encontrar meus amigos para um novo dia. Gostava de chegar na Escola uns minutinhos antes das 8h, para dar tempo de abrir todas as janelas do segundo andar e descer para esperar a turma que sai da prática das 7, para então tomar um chimarrão sentado no sofá. Ou então, na terça e quinta, chegar às seis e meia, abrir a Escola e fazer o chimarrão, para logo depois tomar algumas cuias com a Jú e o Vilmar, que eram os primeiros a chegar para a aula. Sinto falta das conversas que tinha com qualquer pessoa que chegasse na cozinha enquanto eu preparava o melhor chai da Rede DeRose. Aquela cozinha! Passei momentos maravilhosos ali, filosofando com a Manu, falando besteira com o Carlitos, ou qualquer coisa assim… Espero que aquela cozinha continue muito ‘rock n’roll’! Tenho saudades da Flor, da minha turma das 19h, da festinha que rolava antes do início do sádhana, já na sala de prática.

Tenho saudades de encontrar minha família em Campo Bom, almoçar no domingo ouvindo as histórias intermináveis da minha mãe e dar risada com todos à mesa. Confesso até que tenho um pouco de saudade do Ivanor me oferecendo churrasco e perguntando se eu já estava comendo carne novamente. Tenho saudade de encontrar meus amigos mais antigos e ouvir alguns dizerem, com cara de desânimo, que em Campo Bom continuava tudo igual. Tenho saudades daquele tudo igual.

Mas isso não é o que mais me faz falta no momento. O que mais me faz falta, agora, é a natureza. Acho que minhas famílias vão entender, pois, embora eu sinta muita falta deles, temos a possibilidade de nos comunicar e matar um pouquinho da saudade. Posso saber como eles estão, vê-los e até ouví-los. Porém, o que me faz falta nesse momento é caminhar de pés descalços no meio do mato, ouvindo o som das árvores, dos pássaros, ouvindo o barulho da cachoeira que se aproxima. Me faz falta pular na água gelada, mergulhar ouvindo o som maravilhoso que há debaixo d’água, nadar, e depois de alguns minutos sentar em uma pedra sob o sol. Gosto de sentar no alto da cachoeira e ficar ali, extasiado, olhando a paisagem que se desvela à minha frente. Me faz falta sentar na grama e ficar olhando o movimento harmonioso das árvores ao vento suave que sopra.

Na verdade aqui também há muitos parques verdes. Ainda bem, pois assim tenho pelo menos um pouco de contato com a natureza. Acho que estou precisando mesmo é ir para a selva. Mas enquanto não rola o primeiro acampamento francês, vou para o Jardin du Luxembourg…

Anúncios

Decifra-me

Posted in Pensamentos on 31/07/2009 by Rê
psiquê e amor - Jacopo Zucchi
Não venha me falar de razão
Não me cobre lógica!
Não me peça coerência
Eu sou pura emoção!

Tenho razões e motivações próprias
Sou movido por paixão
Essa é minha religião e minha ciência!

Não meça meus sentimentos
Nem tente compará-los a nada
Deles sei eu
Eu e meus fantasmas
Eu e meus medos
Eu e minha alma

Sua incerteza me fere…
Mas não me mata!

Suas dúvidas me açoitam…
Mas não deixam cicatrizes!

Não me fale de nuvens… Eu sou Sol e Lua!
Não conte as poças… Eu sou mar…
Profundo, intenso, passional!
Não exija prazos e datas
Eu sou eterno e atemporal
Não imponha condições
Eu sou absolutamente incondicional

Não espere explicações
Não as tenho, apenas aconteço
Sem hora, local ou ordem.

Vivo em cada molécula ou o todo e sou UNO.
Você não me vê, mas me sente
Estou tanto na sua solidão
Quanto no meu sorriso

Vive-se por mim
Morre-se por mim
Sobrevive-se sem mim
Eu sou começo e fim
E todo o meio!
Sou seu objetivo, sua razão
Que a razão ignora e desconhece

Tenho milhões de definições
Todas certas… Todas imperfeitas… Todas lógicas…
Apenas, em motivações pessoais!

Todas corretas… Todas erradas!
Sou tudo… Sem mim, tudo é nada.
Sou amanhecer… Sou Fênix, renasço das cinzas
Sei quando tenho que morrer
Sei que sempre irei renascer

Mudo protagonista, nunca a história
Mudo de cenário, mas não de roteiro

Sou música… Ecôo, reverbero, sacudo!
Sou fogo… Queimo, destruo, incinero!
Ou sou água… Afogo, inundo, invado!
Sou tempo…
Sem medidas, sem marcações!

Sou clima…
Proporcional a minha fase!
Sou vento… Arrasto, balanço, carrego!
Sou furacão… Destruo, devasto, arraso!
Mas sou tijolo…
Construo, recomeço!

Sou cada estação
No seu apogeu e glória!

Sou seu problema… e sua solução!
Sou seu veneno… e seu antídoto!
Sou sua memória… e seu esquecimento!
Eu sou seu reino…
Seu altar…
Seu trono…

Sou sua prisão…
Sou seu abandono…
Sou sua liberdade…

Sua luz… Sua escuridão…
E seu desejo de ambas… Velo seu sono…
Poderia continuar me descrevendo
Mas já te dei uma idéia do que sou!

Muito prazer!
Tenho vários nomes!

Mas aqui, na sua terra
chamam-me… AMOR!
(Paula Campos)

Sútra do Dia: Erros

Posted in Pensamentos on 31/07/2009 by Rê

ilusão 

Reconhecemos nosso erros… nos outros!

(DeRose)

Expansão da Consciência

Posted in RêPensando on 31/07/2009 by Rê

expansão da consciência

A mente funciona quando a emoção se aquieta…

A consciência se expande quando a mente abre mão de funcionar…

Vida

Posted in Pensamentos on 30/07/2009 by Rê

John Lennon

A vida é aquilo que acontece enquanto fazemos planos para o futuro.

(John Lennon)

Sútra do Dia: União

Posted in Pensamentos on 30/07/2009 by Rê

 

SwáSthya!

Quem está só, está mal acompanhado.

(DeRose)

Dieta para a memória

Posted in Dia-a-dia on 30/07/2009 by Maicon

Coma menos e viva mais!

http://www.cerebronosso.bio.br/novidades/2009/2/1/dieta-para-a-memoria.html