Arquivo de novembro, 2009

Como você me vê

Posted in Pensamentos on 29/11/2009 by Rê

“Sou como você me vê

Posso ser leve como uma brisa,

ou forte como uma ventania,

depende de quando, e como vc me vê passar” !

(Clarisse Linspector)

Sorriso

Posted in Pensamentos on 27/11/2009 by Rê
“um dia sem riso é um dia perdido”
 Charles Chaplin

O melhor lugar do mundo

Posted in Pensamentos on 27/11/2009 by Rê

Céu todo Azul

Chegar no Brasil por um atalho (…)

Voltar ao Brasil por um atalho

Ser feliz

O melhor lugar é ser feliz

O melhor é ser feliz

Mas

Onde estou

Não importa tanto aonde vou

O melhor é ter amor 

(trechos de Aracaju – Caetano Veloso)

Posted in Pensamentos on 26/11/2009 by Maicon

“c’est en forgeant que l’on devient forgeron”

A ventania

Posted in Pensamentos on 25/11/2009 by Rê

“Assovia o vento dentro de mim. Estou despido. Dono de nada, dono de ninguém, nem mesmo dono de minhas certezas, sou minha cara contra o vento, a contravento, e sou o vento que bate em minha cara.”

 (Eduardo Galeano)

Curtindo Beethoven

Posted in Dia-a-dia on 25/11/2009 by Rê

Beethoven é simplesmente… sublime!

Paisagem de inverno

Posted in Dia-a-dia on 24/11/2009 by Rê

O outono pouco a pouco transmuta-se em inverno.

As árvores outrora com exubertantes folhas amarelas, alaranjadas e vermelhas, agora bailam livres e desnudas ao sabor do vento.

E as folhas amarelas agora repousam sobre a terra úmida e levantam vôo quando o vento lhes convida a dançar.

Árvores e folhas livres, a terra úmida, o vento que canta mais forte, convidando toda a natureza a bailar, o céu cinza, que nos convida a entrar dentro de nós mesmos, as gotas suaves que vem do céu, para completarem esta paisagem do inverno que se anuncia.

Paisagem que aos olhos comuns pode parecer fria, mas que, na verdade, aquece o coração…

Tamanha a sua beleza, tamanha a sua amplidão.