Archive for the Pensamentos Category

Não se acostume com o que não o faz feliz

Posted in Pensamentos on 02/02/2011 by Rê
Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudade, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

Fernando Pessoa
Tive o prazer de ler este poema hoje no blog da Leticia – http://www.leticiabraga.com/
Anúncios

Falar é fácil, difícil é expressar…

Posted in Pensamentos on 02/02/2011 by Rê

“Falar é completamente fácil,
quando se têm palavras em mente
que expressem sua opinião.

Difícil é expressar por gestos e atitudes
o que realmente queremos dizer,
o quanto queremos dizer,
antes que a pessoa se vá.”

Carlos Drumond de Andrade

Não deixe o amor passar

Posted in Pensamentos on 02/02/2011 by Rê

“Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais – não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.”

Carlos Drumond de Andrade

Sábio

Posted in Pensamentos on 02/08/2010 by Rê

O sábio nunca diz tudo o que pensa,

mas pensa sempre tudo que diz.

Aristoteles

Soneto do Amor total

Posted in Pensamentos on 21/07/2010 by Rê

“Amo-te tanto, meu amor… não cante
O humano coração com mais verdade…
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.
Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.
Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.
E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.”

Vinicius de Moraes

(http://myfots.net/2010/07/19/soneto-do-amor-total/)

Ei, você!

Posted in Pensamentos on 13/07/2010 by Rê

Não fique aí parado de braços cruzados.

Não são as idéias bonitas que valem. São as ações práticas!

(autor desconhecido)

Grande Pessoa!

Posted in Pensamentos on 08/07/2010 by Rê

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

Fernando Pessoa

(Contribuição da Cris, sempre a Cris!)